Vinhos do Porto

Viajando por Portugal procurei algumas respostas sobre o VINHO DO PORTO, como sou amante dos bons vinhos, das boas comidas e da história, faço um breve resumo de minhas descobertas.

O vinho do Porto é um vinho generoso. Adiciona-se 20% de aguardente vínica ao mosto das uvas durante a fermentação, geralmente no segundo ou terceiro dia. Esta aguardente vínica mata as leveduras e a fermentação é interrompida. Como nem todo o açúcar foi transformado em álcool, o vinho fica doce. E a graduação alcoólica sobe até 20%.

A doçura do vinho varia em função do instante em que é adicionado a aguardente vínica. Se for no início da fermentação o vinho fica mais doce. No final da fermentação, o vinho será mais seco. O vinho do Porto é produzido nas quintas ao longo do vale do rio Douro e seus afluentes. Alguns vinhos  estagiam nas próprias quintas. Outros são transportados em caminhões pipas até às famosas caves de Vila Nova de Gaia. Ambos envelhecem lentamente por décadas em cascos de carvalho de diferentes dimensões: as pipas (geralmente com 550 litros), os tonéis (até 15.000 litros) e os balseiros (até 30.000 litros).

Existem diferentes tipos deste vinho. Resumidamente os vinhos do Porto podem ser elaborados com uvas brancas e tintas. Com as uvas brancas são feitos os vinhos do Porto White que podem ser doces ou extra secos.

Todos os vinhos do Porto produzidos com uvas tintas tem inicialmente a cor ruby, uma cor muito parecida com a de um vinho tinto normal. Em função do envelhecimento, os vinhos do Porto tintos são divididos em duas grandes famílias: os Tawnys e os Rubys.

Os tawnys estagiam de 3 a 80 anos em pipas, tonéis ou balseiros de carvalho. Neste estágio em madeiras velhas ocorrem pequenas oxidações e o vinho vai ficando com a cor alourada ou tawny em inglês. Em função destas oxidações, os tawnys não evoluem mais após serem engarrafados. As opções destes vinhos são o tawny tradicional que geralmente tem uma média de 3 anos de idade, o tawny reserva com 7 ,  10 e  20 anos. Pode parecer exagero afirmar que um vinho do Porto envelhece por 80 anos em cascos de madeira. por ser um vinho generoso com altíssima qualidade, o vinho do porto de safras especiais pode ter uma vida supeior a 100 anos.

Os Rubys estagiam pouco tempo em madeira, ficando um período maior em depósitos de inox. São engarrafados mais cedo que os tawnys. Por estes motivos mantém a sua cor original, ruby. Na família dos rubys podemos escolher entre o ruby tradicional, o LBV (Late Bottled Vintage – Vintage Engarrafado Tardiamente) e o Vintage. O vintage é o único vinho do Porto que evolui na garrafa.

O vinho do Porto é um vinho produzido na região Demarcada do Douro, envelhecido e exportado na cidade do Porto, de que tomou o nome. Deve as suas inconfundíveis  características de aroma, corpo e sabor à alta qualidade das uvas, bem como às características agro-climáticas da região.

O Instituto do Vinho do Douro e do Porto é a entidade responsável  pela certificação destes dois tipos de vinho.

Observação importante:  todos os vinhos do Porto devem ser degustados a uma temperatura de 12 graus. Só assim poderemos desfrutar toda a elegância e doçura destes vinhos.

Anúncios

2 comentários sobre “Vinhos do Porto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s